sábado, julho 02, 2011

Nikka Costa: muito mais do que aquela antiga artista mirim


Algumas coisas são difíceis de entender no mundo do show business... Por que uma artista tão talentosa como a Nikka Costa não é mais conhecida pelo público e mídia?

Famosa no Brasil e Europa quando era criança devido ao sucesso estrondoso de "(Out Here) On My Own" no início dos anos 80, em sua carreira adulta Nikka lançou em 2001 o ótimo álbum "Everybody Got Their Something", muito antes de se falar em resgate do funk e da soul music. Por sinal ela foi a primeira cantora produzida pelo Mark Ronson. Depois lançou “can'tneverdidnothin'” (2005) e “Pebble To A Pearl” (setembro de 2008), também sem muita repercussão. Apesar de uma ou outra apresentação elogiada na TV norte-americana e músicas na trilha de alguns filmes, nunca alcançou muito reconhecimento em seu próprio país e faz mais sucesso na Alemanha, Itália e Austrália, onde morou por um tempo.

Agora, aos 39 anos, Nikka Costa está lançando o seu quinto trabalho adulto, "PRO★WHOA!", lançado como um EP. Pra divulgar esse novo disco ela fez uma série de vídeos bem divertidos em seu canal no YouTube, onde mostra toda sua versatilidade: canta, toca e interpreta. Minhas favoritas no EP são "Never Wanna C U Again", "Head First" e "Everybody Loves You When You're Dead", que tem participação de Sam Sparro, de quem eu acabei de falar no post anterior. Pois é, gente bacana sempre anda junto!

Nikka pode não ser uma cantora revolucionária e que vai mudar o mundo, mas suas performances ao vivo são excelentes, é muito sexy, tem um grande carisma e um vozeirão de rachar o assoalho. Podia muito bem ter a carreira de uma artista de médio porte. Tomara que com esse novo disco ela seja mais reconhecida!

 





 

Update: Nikka lançou neste dia 11 de julho o vídeo de "Nylons In a Rip":

Um comentário:

  1. Uma pena ela ter parado de postar vídeos no Nikka's Box. =/

    ResponderExcluir